COVID-19 - Medidas adoptadas pela Justiça
Reabertura das conservatórias de Registos
Inpi

WIPO GREEN

A plataforma online WIPO GREEN consiste num marketplace para tecnologias sustentáveis destinada a incentivar a inovação e a difusão de tecnologias relacionadas com o meio ambiente, colocando em contacto os fornecedores de tecnologias com as pessoas que procuram tecnologias, oferecendo uma série de serviços destinados a incentivar transações comerciais mutuamente vantajosas.

A WIPO GREEN tem duas componentes: a Base de Dados WIPO GREEN e a Rede WIPO Green.

A BD WIPO GREEN tem por objetivo dar visibilidade mundial aos produtos ou necessidades verdes de inventores nesta área, e, também, encontrar parceiros e descobrir oportunidades de negócio e de investimento. A Rede WIPO Green permite que os inventores possam estabelecer contactos com potenciais parceiros e investidores em eventos e exposições, promovendo serviços, permitindo, ainda, encontrar os especialistas que necessitam para desenvolver o seu negócio na Base de Dados de Peritos de WIPO GREEN e, assim, beneficiar de recursos e formação em matéria de gestão de PI, comercialização, concessão de licença,s e outros.

A Rede WIPO GREEN inclui organizações internacionais, institutos de PI, associações comerciais e empresariais, empresas multinacionais, instituições governamentais e financeiras, universidades e centros de pesquisa, entre outros.

A WIPO GREEN é, então, uma plataforma global que estabelece relações entre os utilizadores, fomenta parcerias e oferece um mercado para invenções, tecnologias, know-how e serviços verdes.

No INPI estamos muito conscientes da importância de preservar e cuidar do nosso planeta e do papel que nos cabe na promoção de iniciativas que conduzam a um futuro mais verde.

Como parceiro da WIPO GREEN, o INPI vai organizar um webinar sobre a Plataforma durante a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, com o objetivo de discutir a proteção de soluções inovadoras na área das tecnologias verdes como meio de promoção do desenvolvimento e crescimento económico das sociedades modernas, de acordo com uma das cinco linhas da Presidência Portuguesa “Europa Verde: Promover a UE como líder na ação climática”.

 

Estudo “Inovar para um Futuro Verde”

A 26 de abril de 2020, por ocasião da comemoração do Dia Mundial da Propriedade Intelectual, naquele ano subordinado ao tema “Inovar para um Futuro Verde”, o INPI elaborou um Estudo, resultado da análise de publicações de documentos de patentes de requerentes de nacionalidade portuguesa cuja temática incide sobre a transição para tecnologias associadas à economia de baixo carbono.

Tendo em conta os resultados obtidos, para o intervalo temporal 2010-2020, os mesmos foram agrupados nas seguintes áreas técnicas: Tecnologias de mitigação de alterações Climáticas - energia solar; Tecnologia de aproveitamento da energia das marés ou das ondas; Produção de energia através de fotovoltaico; Redes inteligentes; Elementos arquitetónicos ou construtivos que melhoram o desempenho térmico dos edifícios; Baterias, veículos elétricos ou sistemas de armazenamento de energia; Tecnologias de adaptação às alterações climáticas para proteção da saúde humana; Tecnologia de tratamento de águas residuais.

No Estudo destacam-se os resultados obtidos nas áreas técnicas da energia solar, com 40 publicações, tecnologia de aproveitamento da energia das marés ou das ondas, com 38 publicações e produção de energia através de fotovoltaico, com 28 publicações de patente.

 

Aceda ao website da WIPO GREEN

https://www3.wipo.int/wipogreen/en/